Pages - Menu

Template temporário! Grata pela compreensão!

ALERTA: Pseudo-sociopata II

Continuação do post ALERTA: Pseudo-sociopata, que descreve como agem e o que são (de forma resumida), e este fala sobre os motivos por serem assim, e coisas afim.

"São aqueles adolescentes (geralmente entre 12 e 21 anos) que querem ser vistos pela sociedade de uma forma diferente, e como não sabem o que fazer para chamar a atenção, acabam fazendo papel de idiota." (Trecho retirado do post ALERTA: Pseudo-sociopata)

Agora, porque 12 e 21 anos?
Porque é a época em que se está em desenvolvimento, alguns passam por coisas pequenas, como a dúvida da sexualidade, da religião e cultura, outros por coisas maiores, como por exemplo até onde vai sua sanidade psíquica.
Isto não é grave e sem cura, afinal, quando todos chegam na hora da maturidade (alguns antes dos 21, e outros um pouco depois) e percebem que apesar de terem se divertido com as travessuras, não passou de tempo perdido e corações partidos, mudam o rumo de sua vida e sua postura em relação ao amor.

O principal foco deles é o amor, dizem que não amam, que figem amar. Se você se relacionar com um destes, lhe tratarão com mil flores e beijos, porém, se terminarem, lhes dirão que nunca sentiram nada por você, que você foi perda de tempo, um joguinho e nada mais.
Porém não acreditem friamente nestas palavras, eles gostam, mas não deixam estes sentimentos aflorar. Alguns porque já se machucaram muito sentimentalmente (seja com pai/mãe, amigos ou conjuguê), e outros por apenas quererem ser diferentes.
Só que tantos jovens estão se passando por isto e se permitindo viver esta situação, que já é normal encontrar alguém que se denomine um sociopata ou o seu derivado.

Os problemas:
A maioria nunca fará um mal verdadeiro (matar, sequestrar, arrombar um banco...). Eles dão golpes baixos como: roubos, ficar com alguém para dar o famoso golpe do baú, se divertir pelo sofrimento alheio, destruir laços de amizade, ter alguém para fazer suas vontades... muitas outras coisinhas.
Ou seja, tudo em prol de seu benefício e bem estar.
Eles não enxergam proveito ou benefícios no bem, e por isto consideram-se aliados do mal. Se soubessem que o mal é só ilusão, que todos temos uma porção de bem e mal conosco e só nos resta escolher qual permitir aflorar.
Em qualquer parte e época da nossa vida podemos escolher mudar e ser alguém oposto do que somos, seja do bem para o mal, quanto do mal para o bem.

Só quero que entendam que isto não é para sempre, e por mais que digam e jurem que não vão mudar, eu digo que tudo tem o seu tempo, e não será uma mudança forçada, é algo que vêm de dentro para fora, e quando menos percebe-se, é uma pessoa diferente do que se encontrava.

Porém, como sempre, deixo avisado; se não sabe lidar com eles, o melhor é se afastar.
Alguns não levam a sério, acham que é besteira, e não é o meu trabalho convencer de nada, já que sou amiga do tempo e ele faz isto melhor do que ninguém.