Pages - Menu

Template temporário! Grata pela compreensão!

Meu Adeus

Mais uma gota neste oceano de amarguras e meu mundinho se desvaira. . .
Provavelmente este post se pareça com uma carta de despedida, não quero precipitar as coisas, mas sim é uma carta de despedida
Estava lá na gaveta do meu coração, guardada a muito tempo, eu já havia jurado para mim mesma que jamais precisaria lêr esta despedida para outra pessoa novamente
Mas a vida é assim, ela sempre nos surpreende
Essas mudanças tão rápidas e tão drásticas, sempre me fizeram ter amizades superficiais, e não me permitiam envolver-me totalmente com as pessoas, então como pensei "...jamais precisaria lêr esta despedida para outra pessoa novamente" achei que pudesse finalmente ter uma vida que sempre sonhei
Vida com a migos de verdade, e sem medo de perdê-los, só que não é bem assim.
Com certeza vou superar depois de um tempo, mas as lembranças, toda vez que baterem na porta do meu coração, irão me pertubar e me trazer grande agonia e aflição por não poder mais estar ao lado de quem amo
Como será você acordar numa bela manhã de sol, espreguiçar-se e pensar que aquele será um dia maravilhoso, você vai rever seus amigos, pessoas muito importantes para você. . . Mas a realidade te desperta aos prantos, como grunidos de grandesca aflição, e te mostra que há novos horizontes, e novas trilhas para você passar

"O sentimento mesclado entre alegria e tristeza
A enorme dor do partir
A grande alegria do chegar
Nesta vida é sempre assim
Perder e perder
Perder para ganhar
Você se afasta das pessoas
Você se afasta de tudo e do mundo
Vive sua vidinha
Quieta e sozinha
Pois sabe a enorme dor do partir
Já conhece o gosto deste cálice
Já bebeu esta bebida forte
Tantas e tantas vezes
Que agora parece não surtir efeito
Ou será que não houve tempo suficiente
Suficiente para mim entender
Que jamais vou poder ver novamente
Aqueles que eu tanto amo
E tanto tinha medo de perder
"

Káah Azamba