Pages - Menu

Template temporário! Grata pela compreensão!

O que fazer na Ceia de Ano Novo?


Bom, o meu atual dilema é "O que fazer para a ceia de ano novo?". Minha namorada irá receber alguns amigos aqui, mudanças de última hora, não fui viajar quase que no último minuto, resolvi ficar com a Cy e conseguimos resolver as coisas, ou quase isso.

Agora o dilema me persegue, afinal eu quem vou cozinhar para esse tanto de gente, rsss, e apesar de tudo, estou adorando. O único problema é que a Cy quer que eu faça peixe, éca, isso eu não farei. Então estou pensando em Arroz com Frutas Cristalizadas, Lentilha Tradicional, Salada de Maionese e alguma Carne Assada.

Para a sobremesa acho que cai bem uma torta de Creme de Limão! Mas a Cy quer um risoto de camarão e insiste no peixe. Ah, não!

Então, alguma ideia para as receitas da Ceia? Nada muito difícil, por favor! E claro, as meninas estão querendo comprar uma tequila e champanhe. Quem sabe depois, de muito bêbadas, não resolvemos sair por aí ver os fogos e curtir alguma festa. Rsss.

Só Deus sabe o que nos reserva essa virada!

Hoje acordei de bom humor, veja só a foto. Rsss. Raro isso acontecer, eu tenho acordado mais indiferente do que nunca, apesar de meu humor ficar levemente satisfatório pela tarde.

Ah, e acredita que ainda não estou satisfeita? Tenho pensado seriamente em cortar o meu cabelo mais um pouco... quem sabe depois da virada, porque se ficar ruim eu não vou correr a risco de ter que tirar fotos HAHA.

Tenho passado os meus últimos dias de férias escrevendo a nova história (só posso dizer que é sobre bruxas, rsss) e fazendo artesanatos. Nada mais relaxante do que isto. E claro, sempre que estou com a Cy assisto filmes de qualidade.

Ontem vi "As vantagens de ser invisível"! Adorei, e também um filme de animação sobre um garoto cientista que revive seu cachorro que morreu. E hoje vi "A bússola de ouro", e quero assistir "Coraline". Se tiverem um filme "diferente" ou que aborde assuntos relacionados com doenças psíquicas, recomende para mim ;D

Mil beijinhos,
Angélica Azambuja